Pode ser que em Brasília a única alternativa de Moro seja Leila

Sérgio Moro terá dificuldade para montar palanque exclusivo aqui no DF

O Podemos tem o Reguffe como figura principal no DF, mas o senador quer inovar com um palanque múltiplo, através de um pacto por Brasília, seja como candidato ao Senado ou ao GDF.
Lula (PT) terá um candidato no DF que cederá palanque ao presidenciável, por enquanto será Geraldo Magela do PT-DF, até que a ordem de cima confirme uma candidatura própria ao GDF.
Bolsonaro (sem partido) com ligações fortes no Centrão, seja filiado ao PP ou PL, o palanque será cedido pelo nome mais forte do seu grupo no DF, que é o da ministra chefe da Secretaria de Governo, a deputada federal Flávia Arruda, caso venha ao governo.
Ciro Gomes (PDT) de alguma forma terá um palanque cedido pelo grupo formado por Joe Valle, Eliana Pedrosa e Wasny de Roure do PDT-DF, não se sabe ainda quem disputará o governo no DF ou se vão apoiar Reguffe e esvaziarem o palanque do presidenciável.
O que está difícil mesmo é para o ex-juiz Moro (Podemos) construir um palanque no DF, onde poderá tentar com o União Brasil 44, mas em Brasília tem o ex-deputado Alberto Fraga que possui boas relações com o Presidente Bolsonaro.
Sergio Moro não conseguirá com o senador Izalcy do PSDB por apoiar Dória ou Leite para Presidente da República. Não dá com Ibaneis (MDB) por que o governador está tentando costurar uma aliança com o presidenciável Rodrigo Pacheco do PSD ou com seu próprio partido com a senadora Simone Tebet do MDB.
Talvez, se o Cidadania não lançar candidatura à Presidência da República, poderá surgir um palanque para o presidenciável Moro, a senadora Leila Barros que se filiou recentemente no partido e, ainda, não se posicionou no tabuleiro eleitoral.
Outros partidos oferecerão palanque, mas com mínima estrutura e representação que não dá projeção política a Sérgio Moro.
Esta é uma fotografia do momento, pode ser que mude!

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui