CLDF: projeto altera carreira de Planejamento Urbano e facilita concurso

Pela proposta do Executivo, a carreira terá 600 Analistas de Planejamento Urbano e Infraestrutura e 500 Técnicos de Planejamento Urbano e Infraestrutura

Luís Cláudio Alves – Agência CLDF

Os deputados distritais aprovaram na tarde desta terça-feira (9), durante sessão extraordinária da Câmara Legislativa do Distrito Federal, o projeto de lei nº 2.238/2021, do Executivo, que altera o quantitativo de cargos da carreira Planejamento Urbano e Infraestrutura. O projeto foi aprovado em segundo turno e redação final e segue agora para sanção do governador Ibaneis Rocha.

Pela proposta, a carreira terá os quantitativos descritos abaixo:

I – Analista de Planejamento Urbano e Infraestrutura: 600 cargos; II – Técnico de Planejamento Urbano e Infraestrutura: 500 cargos. O governo justificou a mudança pela necessidade de realização de concurso público para a carreira, devido à carência de pessoal nas áreas atendidas.

Vetos parciais derrubados

A Câmara também analisou e derrubou hoje vetos parciais a dois subitens do projeto de lei nº 1.930/2021, do Executivo, que trata da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o exercício financeiro de 2022. Os vetos parciais recaíram sobre emendas dos deputados Jorge Vianna (Podemos) e Arlete Sampaio (PT), que preveem a criação e o provimento de cargos para algumas carreiras da área de saúde e assistência social. Os vetos foram derrubados com 18 votos contrários.

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui