Saúde faz novo Dia D da vacinação contra a covid-19

Desta vez, serão disponibilizados 11 pontos de vacinação, sendo nove em UBSs e dois pontos populares: Rodoviária do Plano Piloto e Feira Central de Ceilândia | Foto: Sandro Araújo/Agência Saúde-DF

Unidades básicas, Rodoviária do Plano Piloto e Feira Central de Ceilândia recebem a ação deste sábado (27)

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: ROSUALDO RODRIGUES

Com o objetivo de vacinar o maior número possível de pessoas contra a covid-19 e aumentar a cobertura vacinal, a Secretaria de Saúde fará uma nova ação neste sábado (27). Desta vez, serão disponibilizados 11 pontos de vacinação, sendo nove em unidades básicas de saúde e dois pontos populares: um na Rodoviária do Plano Piloto e outro na Feira Central de Ceilândia.

“A importância da vacinação não está só na proteção individual, ela evita a propagação em massa de doenças que podem levar à morte ou a sequelas graves”Paula Lawall, subsecretária de Atenção Integral à Saúde

“A população tem que desmistificar essa coisa de que a vacina é algo complexo, que ocorre somente em ambiente hospitalar. A vacina é uma coisa comum, popular e de acesso para todos”, explica o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

De acordo com ele, um ponto fixo está sendo construído na Rodoviária do Plano Piloto e deve ser inaugurado até o dia 10 de dezembro. Após a inauguração, o local deverá funcionar todos os dias e disponibilizar vacinas para todos os públicos.

Ação no sábado

Haverá aplicação de primeira e segunda dose, além da dose de reforço, em todos os pontos, com exceção da Rodoviária do Plano Piloto, que não aplicará a vacina Pfizer, por conta do imunizante necessitar de uma maior infraestrutura para melhor manuseio e preparação — tendo em vista que ela precisa ser diluída, diferentemente dos imunizantes Coronavac e AstraZeneca, que já chegam ao DF prontos para uso.

“O objetivo dessas ações é estimular a população que ainda não se vacinou a tomar a primeira dose e oportunizar para a população a segunda dose e a de reforço. Ou seja, iniciar quem ainda não começou e concluir o ciclo vacinal de quem falta”, destaca o coordenador de Atenção Primária à Saúde, José Eudes Barroso.

Os 11 pontos de vacinação funcionarão das 8h às 17h e a Rede Central de Frio estará disponível para reabastecer os pontos de acordo com a procura da população

“A vacinação é uma forma segura e eficaz de prevenir doenças e salvar vidas. Graças às vacinas foi possível erradicar a varíola do mundo e controlar doenças como a poliomielite, as sequelas da rubéola em recém-nascidos e surtos de febre amarela, por exemplo”, defende a subsecretária de Atenção Integral à Saúde, Paula Lawall.

Ela explica que “a importância da vacinação não está somente na proteção individual, ela evita a propagação em massa de doenças que podem levar à morte ou a sequelas graves, e o Brasil tem um programa nacional robusto de vacinação, destaque no mundo inteiro.”

Os 11 pontos de vacinação funcionarão das 8h às 17h e a Rede Central de Frio estará disponível para reabastecer os pontos de acordo com a procura da população.

Confira os pontos de vacinação:

Pontos de vacinação para primeira dose/ Artes: Agência Saúde-DF

Pontos de vacinação para segunda dose
Pontos de vacinação para dose de reforço

*Com informações da Secretária de Saúde do DF

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui