Deputados distritais que apoiaram o terceiro setor durante o mandato

Os distritais Julia Lucy, Leandro Grass, Jorge Vianna, Rodrigo Delmasso e Claudio Abrantes foram parceiros das OSC’s

O terceiro setor é um seguimento que tem crescido muito no país e, em especial, no Distrito Federal, gerando trabalho e renda, mesmo em época de pandemia.

De acordo com a Lei 13.019/2014 o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil – MROSC a gestão do terceiro setor tem se qualificado gradativamente e as parcerias com a administração pública aumentado bastante.

No DF, projetos de empreendedorismo voltados à economia criativa, à economia colaborativa e à economia circular têm recebido apoio dos cinco deputados distritais visionários e que se preocupam com a missão e os valores da sociedade civil organizada.

A deputada Julia Lucy quando se fala de empreendedorismo, a parlamentar brilha os olhos e quer ajudar de alguma forma. O deputado Leandro Grass é oriundo de seguimentos organizados e tem colaborado bastante, principalmente com projetos de empreendedorismo, mas o interessante é que o distrital Jorge Vianna que tem sua base na saúde também entendeu a importância do terceiro setor e destinou emendas para a execução de projetos relevantes, que desperta e fortalece o empreendedorismo.

O vice-presidente da CLDF, o distrital Rodrigo Delmasso, fez até uma lei que beneficia as OSC’s como as associações de moradores, as prefeituras comunitárias, os conselhos comunitários e as cooperativas, no sentido de promoverem convênios com a Novacap e as administrações regionais para manutenção e reparos nos espaços públicos das quadras das regiões administrativas do DF.

O deputado Claudio Abrantes veio de uma OSC, o grupo Via Sacra de Planaltina. O parlamentar tem destinado recursos para os eventos religiosos, para as ações culturais e de empreendedorismo com agentes e OSC’s envolvidos no terceiro setor e na economia criativa, bem como na economia circular em todo o Distrito Federal.

Seria muito bom se todos os 24 deputados distritais seguissem o modelo desses cinco parlamentares e investissem no terceiro setor, colaborando para o desenvolvimento de projetos que qualificam os profissionais da área como também as OSC’s responsáveis por arrefecerem as demandas de políticas públicas do estado.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui