Rússia envia bombardeiros para patrulhar fronteiras da Bielorússia

País aliado tem áreas fronteiriças com Polônia e Lituânia

Por Maria Tsvetkova – da Agência Reuters – Moscou

A Rússia enviou bombardeiros estratégicos de longo alcance Tu-22M3 para ajudar a patrulhar o espaço aéreo e as fronteiras ocidentais da Bielorússia, informou, neste sábado (18)  o Ministério da Defesa do país aliado.

Jatos Su-30SM de ambos os países também fazem parte das patrulhas, afirmaram militares da  Bielorússia.

A oeste, a  Bielorússia faz fronteira com a Polônia e a noroeste com a Lituânia, membros da União Europeia (UE).

As relações da  Bielorússia com a UE estão tensas por causa de uma crise migratória que ocorre na fronteira ocidental do país.

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui