15 casos do vírus influenza H3N2 são confirmados em Rio Verde-GO

A prefeitura de Rio Verde destacou a importância da vacinação contra a influenza H3N2

A prefeitura de Rio Verde, região sudoeste de Goiás confirmou, na última sexta-feira (17) 15 casos da gripe influenza H3N2, vírus que já vem causando surtos em outros estados.

A Secretaria Estadual de Saúde de Rio Verde, disse que as pessoas apresentaram sintomas como febre, cansaço, vômito e dores pelo corpo. Diante a situação, de acordo com a pasta não há nenhum paciente com situação grave, e eles estão sendo monitorados.

Através de nota, a prefeitura de Rio Verde destacou a importância da vacinação contra a influenza H3N2. De acordo com a prefeitura o município atualmente tem baixa procura pela vacina. Portanto, o alerta é que as pessoas evitem o máximo compartilharem objetos de uso pessoal.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO), em todo estado foram aplicadas 2,4 milhões de doses contra a influenza em 2021, um índice de 73% acima do que se esperava.

Em todo Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 67,9 milhões de doses contra o vírus já foram aplicadas em todo país, um índice de 71,2% do índice vacinal.

Além de Rio Verde, de acordo com a SES,  há também há 10 em Goiânia e um caso em Anápolis, Aparecida de Goiânia, Caçu, Catalão, Porangatu e Trindade, somando um total de 30 casos em todo estado.  Portanto, a pasta ainda alerta sobre os cuidados como manter distância de 1,5 metro das outras pessoas; higienizar as mãos com frequência; utilizar máscara facial que cubra a boca e o nariz; não compartilhar utensílios de uso pessoal (toalhas, copos, talheres e travesseiro); evitar frequentar locais fechados ou com muitas pessoas, entre outros.

Leonardo Calazenço, Diário de Goiás

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui