Promoção para mil policiais militares é autorizada

Prêmio de R$ 500 mil do Nota Legal vai para compra no valor de R$ 87,85

Decreto do governador Ibaneis Rocha diminuiu em 50% o tempo de trabalho num posto para subir na carreira

IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: SAULO MORENO

“O que eu poderia fazer ao longo de três anos eu fiz. Temos trabalhado com a academia lotada, mas tivemos muitas aposentadorias. Precisamos ter um cuidado muito grande para colocarmos profissionais nos cursos de formação e, assim que encerrarmos os chamamentos, faremos novos concursos para restabelecermos o quadro das forças de segurança. A partir do momento que chamarmos a última turma, o concurso será aberto imediatamente”Governador Ibaneis Rocha

O governador Ibaneis Rocha assinou decreto que autoriza a redução de interstício de C, diminuindo, assim, o tempo de promoção para ascensão na carreira. O texto foi publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal desta quinta (23), beneficia cerca de mil servidores. O esforço do Governo do Distrito Federal (GDF) vem na esteira das medidas tomadas para fortalecer as forças de segurança.

Além da redução do interstício, o GDF vai convocar mais 60 alunos para o Curso de Formação de Oficiais (CFO 25) da Polícia Militar, que deve acontecer em janeiro. A duração da formação é de três anos. Desde 2019, o governo viabilizou o chamamento de cerca de 3,5 mil servidores para a segurança pública.

O interstício é válido para os Quadros de Oficiais Policiais Militares – QOPM, Posto de Primeiro-Tenente; Quadro de Oficiais Policiais Militares de Saúde – QOPMS (Médico), Posto de Primeiro-Tenente e Quadro de Oficiais Policiais Militares Administrativos – QOPMA, Posto de Segundo-Tenente.

“O que eu poderia fazer ao longo de três anos eu fiz. Temos trabalhado com a academia lotada, mas tivemos muitas aposentadorias. Precisamos ter um cuidado muito grande para colocarmos profissionais nos cursos de formação e, assim que encerrarmos os chamamentos, faremos novos concursos para restabelecermos o quadro das forças de segurança. A partir do momento que chamarmos a última turma, o concurso será aberto imediatamente”, afirma o governador Ibaneis Rocha em reconhecimento ao trabalho destes profissionais.

O decreto diminui em 50% o tempo em que cada militar precisa cumprir no posto ou graduação antes de ser promovido. É a segunda vez que isto ocorre em 2021. Em agosto, cerca de três mil foram beneficiados. Agora, mais mil policiais devem receber a promoção. “Esta é uma forma de reconhecimento, em forma de gesto, do governador Ibaneis ao serviço de excelência realizado por nossos policiais”, relata o comandante-geral da PMDF, coronel Márcio Vasconcelos.

Para o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo, a recomposição dos quadros é essencial para que as reduções criminais continuem. “Estamos na iminência de finalizar 2021 como o ano menos violento do DF desde 1980. Com isso, vamos superar os recordes de reduções de homicídios em 2019 e 2020, quando registramos as menores taxas de homicídios dos últimos 35 e 41 anos, respectivamente. Essa conquista está diretamente relacionada ao esforço diário dos nossos profissionais”, esclarece.

A renovação da frota é outro investimento importante que vem sendo feito desde 2019. De lá pra cá, quase duas mil viaturas foram adquiridas pelas forças de segurança. Em três anos, o GDF investiu, aproximadamente, R$ 100 milhões em equipamentos para a PMDF. São veículos, motocicletas, lanchas, motos aquáticas, armas de fogo, detectores de metal, jaquetas e equipamentos de comunicação essenciais para esses profissionais exercerem suas missões diariamente.

Novos profissionais

Desde 2019, foram nomeados cerca de 3,5 mil profissionais de segurança pública. Destes, quase 2,2 mil são policiais militares. A Polícia Civil possui um concurso em andamento para o preenchimento de 2,1 mil vagas, sendo 1,8 mil para agente (1,2 mil cadastro reserva e 600 imediato) e 300 para escrivão.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) dará início ao Curso de Formação de Praças VIII (CFP VIII) para 750 alunos na próxima segunda-feira (27). Ainda em 2022, os novos militares passarão a compor o quadro da corporação, após formação e estágio supervisionado.

* Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui