A primeira impressão do programa de Faustão na Band

Especial exibido logo após a virada do ano revela que o apresentador não vai sair de sua zona de conforto

De acordo com dados prévios, o ‘Viradão do Faustão’ teve 1,2 ponto de média na aferição de audiência em tempo real. Este índice representa, segundo a atualização de dados da Kantar Ibope Media para 2022, cerca de 246 mil telespectadores na região metropolitana de São Paulo.

Com duração de 45 minutos, o programa de apresentação de Fausto Silva na Band não trouxe surpresas. Desde o formato do cenário até as atrações, tudo lembrou o que ele fez por quase 30 anos na Globo.

Faustão recebeu no palco a jornalista Anne Lottermann, que deixou a previsão meteorológica do ‘Jornal Nacional’ para ser coapresentadora de seu programa, e o filho do meio, João Guilherme, que deu show de carisma diante das câmeras.

O rapaz, de 17 anos, pode ser um trunfo para atrair os jovens. Pesquisas mostram que as novas gerações não têm interesse em televisão. Atrair esse perfil de telespectador é imprescindível para garantir a renovação de público e atender ao mercado publicitário, de olho no poder de compra da ‘galera’.

Em resumo, Faustão vai reeditar quadros de sucesso que tinha no ‘Domingão’. Na segunda, a ‘Pizzaria do Faustão’. “Grandes entrevistas, muita gente comendo e falando ao mesmo tempo”, brincou o apresentador. Na Globo, chamava ‘Pizza do Faustão’.

Terça será a vez do show de talentos ‘Grana ou Fama’, formato semelhante ao ‘Se Vira nos 30’. Na quarta vai acontecer o ‘Dança das Feras’, versão do ‘Dança dos Famosos’. A quinta terá o ‘Pista do Sucesso’, com a presença de ídolos da música, em referência ao ‘Ding Dong’. Sexta vem com o autoexplicativo ‘Churrascão do Faustão’.

Um dos maiores desafios da produção do ‘Faustão na Band’ será levar artistas do primeiro time, especialmente da música. Muitos possuem vínculo com a poderosa Globo e outros terão receio de aparecer ao lado de Fausto e se ‘queimar’ com a emissora líder de audiência.

A sorte é que o RH global dispensou dezenas de profissionais midiáticos (atores, apresentadores, jornalistas e comentaristas) ao longo dos últimos dois anos. Essas personalidades com apelo popular poderão aparecer livremente na tela da Band.

Fazer uma atração cinco vezes por semana exige fôlego em todos os sentidos. Hoje, o público de TV não demora a se cansar de um tipo de conteúdo – está sempre em busca de novidades no interminável cardápio de opções na TV aberta, nos canais pagos, nas plataformas de streaming e no YouTube. Faustão será obrigado a reinventar seu programa de tempos em tempos.

Aos 71 anos, ele se mostra animado com o gigantesco desafio. Foi bom vê-lo novamente em ação após seis meses afastado. Ele não merecia aquela saída abrupta do ar, na Globo, sem direito a se despedir dos telespectadores. Fica a torcida para que na casa nova – casa velha, na verdade, porque fez lá o insuperável ‘Perdidos na Noite’, de 1986 a 1988 – tenha a continuidade do sucesso que sempre fez por merecer.

Por Jeff Benício, Terra

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui