Mais duas mil famílias terão a casa própria em março no DF

Em visita às obras do Itapoã Parque, o governador Ibaneis Rocha previu a entrega de pelo menos 6 mil unidades até dezembro

Na visita que fez nesta terça-feira, o governador Ibaneis Rocha afirmou que programa fazer a entrega dos primeiros 2 mil apartamentos a partir do mês de março deste ano | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

Nesta terça-feira (4), o governador Ibaneis Rocha visitou a obra do Itapoã Parque, conjunto habitacional que terá capacidade de abrigar cerca de 50 mil pessoas. As obras estão em ritmo acelerado e a primeira etapa de apartamentos, com cerca de 2 mil unidades, está prevista para ser entregue ainda em março. Para o decorrer de 2022, a previsão é de que sejam entregues mais de 6 mil unidades habitacionais.

Entregas que se alinham à missão do Governo do Distrito Federal (GDF) de ampliar a oferta de moradias e reduzir o déficit habitacional. Nos últimos três anos, 2.832 unidades habitacionais foram entregues à população. O número vai crescer substancialmente a cada conclusão do Itapoã Parque e dos outros empreendimentos espalhados pelo DF.

“É o maior conjunto habitacional do DF. Vão ser 12.112 unidades habitacionais e a obra vai casar com todos os investimentos que temos feito na região, como o viaduto na saída do Itapoã e do Paranoá”Governador Ibaneis Rocha

“Queremos fazer as entregas no Itapoã Parque a partir de março deste ano, com 2 mil moradias. Depois, temos a previsão da segunda etapa, com mais 2 mil, e outras 2 mil no fim do ano, fechando 6 mil unidades habitacionais em 2022”, projetou o governador Ibaneis Rocha durante a visita.

O chefe do Executivo ficou impactado com a qualidade dos apartamentos e da infraestrutura do local. “Chegar aqui e ver tudo isso pronto alegra muito. A gente sabe a quantidade de pessoas que necessitam de moradia no DF”, acrescenta.

Mais do que um condomínio, o Itapoã Parque é um bairro para 50 mil pessoas – o número tem como base a média de pessoas por família, que é de quatro membros. A imensa obra é erguida em uma área de 200 hectares, o equivalente a 200 campos profissionais de futebol, e será inaugurada com infraestrutura urbana.

Isso inclui abastecimento de água, esgoto sanitário, energia elétrica, iluminação pública, instalações telefônicas, redes de drenagem de águas pluviais, pavimentação asfáltica e equipamentos públicos – a exemplo de escolas públicas. O local também terá centros comerciais em lotes a serem vendidos pela Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).

Considerado o maior conjunto habitacional do Distrito Federal, o Itapoã Parque terá o total de 12.112 unidades habitacionais com tamanhos de 46 e 60 m², que custarão R$ 112 mil e R$ 114 mil, respectivamente

“É o maior conjunto habitacional do DF. Vão ser 12.112 unidades habitacionais e a obra vai casar com todos os investimentos que temos feito na região, como o viaduto na saída do Itapoã e do Paranoá”, complementa Ibaneis Rocha.

“Esse empreendimento, Itapoã Parque, demonstra claramente, primeiro e principalmente, o compromisso que o governador Ibaneis Rocha e o nosso governo têm com os programas habitacionais de interesse social. Segundo, a importância de uma parceria entre o Estado e o poder privado, garantindo os melhores resultados à população mais carente e a defesa do interesse público”, afirma o presidente da Codhab, Wellington Luiz.

Subsídio

O Itapoã Parque é um empreendimento habitacional erguido com recursos de programas federais. Os apartamentos serão vendidos com subsídio do governo e financiados pela Caixa Econômica Federal.

São apartamentos de dois e três quartos, com tamanhos de 46 e 60 metros quadrados. As unidades custam R$ 112 mil e R$ 114 mil, respectivamente, valor bem abaixo do que é praticado no mercado imobiliário convencional.

Serão beneficiadas famílias das faixas 1,5, 2 e 3 do eixo Morar Bem, programa habitacional do GDF vinculado ao programa do governo federal. Ou seja, aquelas com renda familiar mensal entre R$ 1,8 mil e R$ 7 mil.

Confira as unidades habitacionais entregues pelo GDF em três anos:

– 2019: 752
– 2020: 944
– 2021: 1.136

Total: 2.832

Ian Ferraz; Agência Brasília

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui