Federações podem forçar partidos a apresentarem novos nomes ao GDF

Os buritizáveis Rafael Parente, Leila do Vôlei, Leandro Grass e professora Rosilene | Foto: Montagem

O PSB de Rollemberg apresentou Rafael Parente e o PT de Magela a professora Rosilene

Está cada vez mais próxima a federação do PT com o PSB, PCdoB, PV e Rede, mas isso causará mais conflitos nos estados que já possuem um nome para a disputa ao governo.

No caso do Distrito Federal, a Rede lançou o nome do deputado distrital Leandro Grass, depois o PT lançou o nome da professora Rosilene, e agora o PSB apresenta o nome de Rafael Parente, todos para disputarem ao Buriti.

Mais pro centro, o PSDB lançou o senador Izalci Lucas ao governo do DF, e o Cidadania e o Podemos com a possibilidade de formarem uma federação, podem criar mais um embróglio entre os senadores Reguffe e Leila do Vôlei, ambos têm interesse em disputar o GDF, mas caso se perdure, devem procurar outros partidos.

A atmosfera da federação está rondando também o PDT, que como partido de centro e com um nome à presidência da república, está propondo federar com partidos de mesma linha programática, o problema que, aparentemente, a maioria já possui nome ao Planalto, ou está flertando com outros presidenciáveis.

Enquanto isso no DF, o PDT fica a espera para apresentar um nome para concorrer ao GDF, pois se apresentar agora, pode correr o risco de ter que recuar.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui