GDF: Governador visita obras em Taguatinga

O chefe do Executivo local também esteve presente a um culto e à inauguração de uma escola e negou mais medidas restritivas para combater a covid-19

CATARINA LIMA, DA AGÊNCIA BRASÍLIA I EDIÇÃO: DÉBORA CRONEMBERGER

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, visitou na manhã deste sábado (29) as obras de recapeamento do asfalto no Pistão Sul e entre os hospitais Anchieta e Regional (HRT), ambas em Taguatinga. São mais duas obras que engrossam a lista de mais de 1.400 obras deste governo, entre concluídas e em andamento, mesmo com quase dois anos de pandemia.

Obras de recapeamento do asfalto no Pistão Sul e entre os hospitais Anchieta e Regional (HRT), ambas em Taguatinga, foram visitadas pelo governador Ibaneis Rocha neste sábado (29) | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

Segundo o governador, além da recuperação do asfalto nas principais localidades da cidade, serão feitas as calçadas.

“Nós não vamos parar, as obras aqui em Taguatinga começam por essas avenidas e terão continuidade durante todo o ano, recapeando as principais avenidas da cidade para que a gente possa entregar uma cidade melhor”Governador Ibaneis Rocha

“Áreas críticas em frente ao Pistão Sul e ao Hospital Regional precisavam ser restauradas. Nós não vamos parar, as obras aqui em Taguatinga começam por essas avenidas e terão continuidade durante todo o ano, recapeando as principais avenidas da cidade para que a gente possa entregar uma cidade melhor”, destacou o chefe do Executivo local.

No Pistão Sul serão recapeados ao todo cinco quilômetros de asfalto. Destes, um já está pronto, segundo informou o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER), Fauzi Nacfur Júnior, responsável pela execução do serviço.

Já entre os hospitais Anchieta e HRT está sendo feito o recapeamento asfáltico de uma área de 14 mil metros quadrados, o que corresponde a cerca de dois quilômetros. O valor estimado do trabalho é de R$ 900 mil e está sendo realizado pela Novacap. Nos dois locais as obras incluem fresagem e capa asfáltica.

“Esse recapeamento é um pedido da comunidade acatado pelo administrador da cidade, Bispo Renato, para que a gente possa seguir fazendo todas as obras de recapeamento de Taguatinga”, disse o governador Ibaneis Rocha.

Governador Ibaneis Rocha visitou obras em Taguatinga, que engrossam a lista de mais de 1.400 deste governo, entre concluídas e em andamento, mesmo com quase dois anos de pandemia

Ainda em Taguatinga, o governador visitou a Igreja Universal do Poder de Deus, onde se encontrou com lideranças religiosas. Na oportunidade, Ibaneis lembrou da lei de sua autoria que determina que todos os bairros que forem criados no DF devem contar com espaço para igrejas. “Não se pode constituir um bairro, como é o caso do Paranoá Park, onde residem 40 mil famílias, sem prever espaço para igrejas. Esse erro do passado foi corrigido”, explicou.

“As igrejas desenvolveram um trabalho essencial durante a pandemia. Não reconhecer isso é até um crime contra a sociedade. Nós trabalhamos ao longo desse período com as igrejas do Distrito Federal. O que temos feito no governo é reconhecer as atividades desenvolvidas pelas igrejas junto à comunidade, neste momento de tanta dificuldade”, completou o chefe do Executivo local.

 

Também nesta manhã, o governador compareceu à inauguração de uma escola particular no Plano Piloto. Segundo o governador, o respeito pela educação e pelo empresariado, e por entender que a educação é o grande instrumento transformador da sociedade, o fizeram abrir espaço em sua agenda para estar presente ao evento. Ibaneis estava acompanhado da secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. “Tenho respeito pela educação, pela família da educação, por todos os educadores, diretores, dirigentes e investidores, porque só a educação transforma a vida das pessoas”, concluiu o governador.

Covid

Sobre os casos de covid no DF, o governador destacou que há quatro dias as taxas de transmissão da doença estão caindo. “Esperamos que nos próximos 15 dias tenhamos uma diminuição do número de internações para que possamos viver minimamente dentro da normalidade. Ele negou, no momento, qualquer novo decreto com medidas restritivas.

GALERIA DE FOTOS

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui