Professor Augusto disse que o Pró-Planaltina vai agregar a cidade nas eleições

Nossa redação entrevista professor Augusto, Presidente do Movimento Pró-Planaltina

BSB: Quando surgiu o movimento Pró-Planaltina?

Professor Augusto: O movimento institucional Pró-Planaltina nasceu oficialmente em 2018, depois achamos conveniente que registrássemos a instituição, embora o sentimento de movimento extra-oficial tenha sido criado há uns 16 anos com a ideia de votar em candidatos da cidade.

BSB: Qual a finalidade do movimento na cidade?

Professor Augusto: A finalidade sempre foi agregar as lideranças setoriais para debaterem problemas e projetos voltados para a comunidade de nossa cidade e buscar as possíveis soluções junto aos membros conselheiros do movimento e de oolíticos que pudessem ajudar nas soluções das demandas sociais e no desenvolvimento de Planaltina.

BSB: Com tantos candidatos vindos de fora da cidade, qual será o comportamento do Pró-Planaltina?

Professor Augusto: Planaltina conta com mais de 130 mil votos válidos, os quais mais de 55% foram depositados em candidatos de fora que sempre buscaram os votos daqui e, depois, pouco ou nada fazem pela cidade. Aí surge, então, o nosso movimento para tentar conscientizar, ao máximo, a comunidade para votar em candidatos da cidade para que possamos ter representatividade de fato e de direito.

BSB: Você acredita que Planaltina possa eleger quantos deputados distritais?

Professor Augusto: Sempre acreditei que Planaltina tem e pode fazer 02 deputados distritais e um suplente além de eleger um deputado federal que seria histórico se a maioria da comunidade pensasse assim, alto…grande. Seria algo inédito. Há oito anos, estamos tentando isso e, atualmente, seguimos com esse mesmo objetivo.

BSB: O que você tem a falar para os pretensos candidatos da cidade?

Professor Augusto: Minha opinião é pouco convincente, acho que talvez de pouco peso, porém sugiro aos pré-candidatos que pensem grande, sem vaidades, mas no povo de Planaltina e no desenvolvimento dela. Que pensem em desenvolver o potencial que a cidade tem, a capacidade e a qualificação de seus trabalhadores e jovens, os quais podem e têm muito a oferecer e a contribuir, que não façam como antigos deputados eleitos que pensaram mais em seus reinados e cofres e esqueceram de seus moradores e da cidade como um todo. Aqui têm muitos “diamantes brutos”, que, com certeza, ajudariam no crescimento da cidade se fossem valorizados adequadamente.

BSB: O Pró-Planaltina tem algum plano de reunir os pré-candidatos da cidade?

Professor Augusto: Sim, o Pró Planaltina irá se reunir com lideranças dos bairros para organizar alguns debates com pré-candidatos juntamente com a comunidade para que de fato possam ver o que cada candidato tem a oferecer de verdade, o seu conteúdo, a sua proposta ou se serão só aventureiros pensando em se promoverem.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui