Biden adverte Putin: Estados Unidos “responderiam decisivamente” em caso de avanço na Ucrânia

Imagem: Casa Branca/divulgação

O alerta do presidente americano, Joe Biden, foi dado na Casa Branca neste sábado (12).

Por Rogério Cirino*

Biden e Putin conversaram por uma hora ao telefone na manhã de sábado, sobre a movimentação de tropas russas entorno da Ucrânia.

Segundo fontes, apesar da conversa longa, não houve modificação significativa na posição russa, e não está claro se Putin pretende retroceder de seus planos de invadir a Ucrânia (lembrando que o líder russo nega veementemente que seja esta a intenção).

Nesse contexto os Estados Unidos alertam estarem preparados para cenários que ultrapassam as medidas diplomáticas.

Submarino americano é ‘interceptado’ pela marinha russa.

Em meio à tensão um submarino americano foi avistado perto das Ilhas Curilas, em mar territorial russo, no início do sábado, próximo a local onde a marinha russa realizava exercícios com sua frota do Pacífico.

Recebida a ordem de emergir imediatamente a tripulação americana teria ignorado o aviso o que levou a fragata russa Marechal Shaposhnikov a realizar manobras persuasivas o que levou a embarcação americana a se evadir do local.

A informação é da agência de notícias Interfax e não houve comentários do governo americano até o momento.

*Com informações da Reuters e Interfax

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui