Rússia bombardeia Ucrânia

Imagem: Governo da Ucrânia

Informação foi confirmada pelo Exército russo nesta manhã (24)

Por Hélio Rosa*

Segundo militares russos os ataques têm como alvo bases aéreas ucranianas e áreas militares, não zonas povoadas. Já as autoridades ucranianas afirmam que os russos lançou operação em larga escala.

Os ataques teriam ocorrido na fronteira tríplice, entre Rússia, Bielorrússia e Crimeia. Militares ucranianos afirmam ter abatido cinco aviões russos.

“A Rússia lançou ataques contra nossa infraestrutura militar e postos fronteiriços”, disse em comunicado o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky.

Ucrânia esta sobre lei marcial e o presidente  Pediu aos ucranianos que evitem “pânico” e confiem na capacidade do seu Exército.

“Cidades pacíficas da Ucrânia estão sendo atacadas. Esta é uma guerra de agressão. A Ucrânia vai se defender e vencer. O mundo pode e deve parar Putin. É hora de agir agora”, escreveu Dmytro Kouleba, ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, pelo Twitter.

Uma creche nos arredores de Kiev teria sido alvo dos bombardeiros russos – imagem: Governo ucraniano

 

Bombardeios

Pelo menos cinco cidades da Ucrânia registraram explosões, incluindo a capital, Kiev. Duas explosões foram ouvidas, de madrugada (horário local), no centro da cidade, tendo sido seguidas pelas sirenes de ambulâncias, segundo jornalistas.

Fontes em Mariupol, no Leste da Ucrânia, disseram à AFP que a cidade portuária foi atingida por bombardeios de artilharia.

Em Kramatorsk, quartel-general do Exército ucraniano, pelo menos quatro explosões foram ouvidas, segundo fontes.

Kharkiv, no Leste da Ucrânia, e o Porto de Odessa, no Mar Negro, Sul do país, também foram atingidos.

*Com informações da Agência Brasil

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui