“Vamos atuar para que todos os produtos sejam fabricados nos EUA”, diz Biden

Biden em discurso nesta quarta-feira | Foto: Saul Loeb / AFP / CP

Presidente apontou que foram criados 6,5 milhões de empregos em 2021

R7

presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou no seu primeiro discurso do Estado da União que a pandemia elevou os preços de muitos produtos, como alimentos e combustíveis. Contudo, ele destacou que a economia dos EUA está em forte recuperação, pois foram criados 6,5 milhões de empregos em 2021, o que apontou como a maior geração anual de postos de trabalho na história do país.

“Eu e a vice-presidente temos uma nova política econômica, para o povo da América”, apontou Biden na noite desta terça-feira. “Com o plano de infraestrutura, vamos construir 500 mil postos de recarga para carros elétricos pelo país. Vamos fazer a economia com produtos feitos na América.”

O presidente americano ressaltou o quanto é importante sua doutrina “Build Back Better”, que visa ao fortalecimento do setor industrial do país. “Vamos atuar para que todos os produtos, do início ao fim, sejam fabricados nos EUA. Precisamos investir mais em tecnologias para competir com a China e com outros países.”

Joe Biden também frisou que uma das suas maiores prioridades como chefe de Estado é manter os preços de mercadorias e serviços sob controle. “A melhor forma de enfrentar a inflação é vocês baixarem os custos e não os salários”, disse, em referência a empresários. “Façam mais carros e semicondutores na América. Ao invés de confiar em cadeias de produção estrangeiras, vamos tê-las na América. Cortem os preços de remédios, pois pagamos os preços mais caros (destes produtos) entre economias avançadas”.

Biden também afirmou no discurso que os cidadãos americanos que ganham até US$ 400 mil por ano não pagarão “um centavo a mais” de impostos. “Vamos fazer as grandes empresas pagarem a parcela justa de tributos. Por isso, sugerimos o mínimo de taxas corporativas de 15% para as empresas”.

Combate à inflação

Biden também solicitou aos parlamentares a aprovação de pessoas nomeadas por ele para ocupar cargos como dirigentes do Federal Reserve, o que é essencial também para combater a inflação. Ele apontou que as autoridades do seu governo vão combater mais as irregularidades cometidas por empresas e disse que o Departamento de Justiça terá um promotor especial “para ir atrás” de quem cometeu fraudes durante a pandemia.

“Eu sou capitalista, mas capitalismo sem competição é exploração”, disse o presidente. “Também precisamos ter salário mínimo de US$ 15 por hora para não termos trabalhadores com baixa remuneração”.

O presidente dos EUA apontou que o país está voltando de forma segura a uma nova rotina, com controle da Covid, e será necessário continuar a manter ações federais para tal combate ser ainda mais eficiente no curto prazo. Na última frase do discurso, Biden destacou: “O Estado da União é forte porque vocês, povo dos EUA, são fortes”.

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui