Rússia diz que 498 soldados russos morreram; Ucrânia diz serem 7 mil

Foi a primeira vez que Moscou divulgou baixas no confronto

Por Agência Brasil * – Brasília

O Ministério da Defesa da Rússia disse hoje (2) que 498 soldados russos foram mortos na Ucrânia e mais 1.597 ficaram feridos desde o início da operação militar de Moscou no país vizinho, informou a agência de notícias russa RIA. Esta foi a primeira vez que Moscou divulgou suas baixas no confronto.

O ministério também disse que mais de 2.870 soldados e “nacionalistas” ucranianos foram mortos, e que cerca de 3.700 estavam feridos, de acordo com outra agência de notícias, a Interfax.

Ucrânia

O assessor militar da presidência ucraniana, Oleksiy Arestovich, apresentou um número diferente de mortos russos durante a guerra em um briefing televisionado.  Arestovich disse que mais de 7 mil militares russos foram mortos desde o início da invasão russa à Ucrânia, e centenas foram feitos prisioneiros, incluindo oficiais superiores.

* Com informações da Reuters

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui