Empresário russo está pagando 1 milhão de dólares pela cabeça de Putin, pode ser vivo ou morto

Nas últimas semanas o presidente russo Vladimir Putin comprou uma briga totalmente desnecessária e desproporcional contra o país vizinho, a Ucrânia. Invasão esta que é movida por desejo de estragar a prosperidade do país vizinho e ameaçar as relações internacionais do planeta. A ação está gerando diversas sanções contra a Rússia em escala global.

No meio dessa confusão, apareceu agora um empresário russo, identificado como Alex Konanykhin, que está oferecendo a recompensa de 1 milhão de dólares pela captura do presidente do país, Vladimir Putin, após a invasão à Ucrânia. Konanykhin postou a oferta em suas redes sociais.

Veja também:

No LinkedIn, a publicação mostra uma montagem com o rosto de Putin em um cartaz. “Procurado: vivo ou morto, por assassinato em massa”, diz a legenda. “Prometo pagar US$ 1.000.000 aos oficiais que, cumprindo com seu dever constitucional, prenderem Putin como criminoso de guerra sob as leis russas e internacionais”, afirma o empresário no post.

“Putin não é o presidente da Rússia, já que chegou ao poder como resultado de uma operação especial que explodiu prédios, depois violou a Constituição ao eliminar eleições livres e assassinar seus oponentes. Como russo étnico e cidadão russo, vejo como meu dever moral facilitar a desnazificação da Rússia. Continuarei minha assistência à Ucrânia em seus esforços heróicos para resistir ao ataque da horda de Putin”, conclui.

No Amazonas é Assim

 

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui