Entrevista: “A federação fortalece o projeto de derrotar Ibaneis”, diz Leandro Grass

“Os planos A, B, C, D até o Z têm o mesmo propósito: derrotar o pior governador da história e devolver a esperança ao DF”, Leandro Grass, deputado distrital (PV), pré-candidato ao GDF

Leandro Antonio Grass Peixoto, nasceu em Brasília, no dia 15 de junho de 1985. É um professor universitário e pesquisador nas áreas de sociologia do desenvolvimento, políticas públicas, participação social, entre outros. Na eleição de 2018, Grass concorreu a uma vaga pela Rede na Câmara Legislativa do Distrito Federal e recebeu 6.578 votos. Atualmente, é deputado distrital do Distrito Federal, filiado ao Partido Verde (PV).

BSB. Deputado Leandro Grass, ao trocar a Rede pelo PV, isso não influenciará na base que o elegeu?

LG. As causas que defendo não mudaram. A luta contra a pobreza, a fome e as desigualdades não são propriedade dos partidos, mas da Constituição de 1988. REDE, PV e outras legendas assumiram essas causas. Sigo comprometido com tais questões e com o objetivo de unir todos aqueles que também querem trabalhar por isso. Foi por essa razão que as pessoas me elegeram.

BSB. Em uma possível federação do PV com o PT, PCdoB e PSB, não ameaça o seu desejo de disputar o Buriti?

LG. A federação é muito importante para fortalecer o projeto que derrotará Ibaneis no DF. Temos o compromisso de uma candidatura única e estamos dialogando para que ela seja definida nas próximas semanas. Estou à disposição e preparado para representar esse projeto.

BSB. Ainda numa possível federação, apoiar o Lula não entra em conflito com seu discurso anti-corrupção?

LG. A luta contra a corrupção é uma pauta do nosso campo político. Ibaneis e Bolsonaro lideram dois governos com denúncias gravíssimas de desvio de dinheiro público. Ambos trabalharam contra a transparência e enfraqueceram os mecanismos de combate à corrupção. No governo Lula, Polícia Federal e Ministério Público ganharam autonomia. Vamos aumentar a transparência e respeitar o trabalho dos órgãos de controle.

BSB. Mas caso não seja o escolhido pela possível federação para disputar o Palácio do Buriti, já pensa em um Plano B?

LG. Os planos A, B, C, D até o Z têm o mesmo propósito: derrotar o pior governador da história e devolver a esperança ao DF.

BSB. E se não acontecer nada de novidade, você tem coragem de continuar com o pensamento de disputar o GDF pelo Partido Verde (PV)? Ou tentará uma reeleição?

LG. Não tenho apego a cargos ou mandatos. Quero servir à cidade em que nasci e tanto amo. Quero ajudar o DF, cuidar de quem mais precisa, implementar projetos que transformem a história e a vida das pessoas. Dar uma chance para nossas crianças crescerem dignamente, nossos jovens sonharem e os idosos serem respeitados. Quero eliminar a miséria na capital do país, revolucionar nosso transporte público e colocar a cidade no topo da educação, da saúde e da segurança pública.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

1 COMENTÁRIO

  1. Q discurso mais controverso dizer que vai apoiar o chefe do maior esquema de corrupção q existiu, e q vai combater a corrupção. É chamar o eleitor de idiota na cara dura né deputado. Não acabe com o sua biografia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui