Presidente norte-americano diz que Rússia deveria sair do G20

China e Indonésia são contra sugestão de Biden

Por Marieta Cazarré – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente norte-americano Joe Biden disse hoje (24), em Bruxelas, durante um encontro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), que a Rússia deveria sair do G20, grupo formado pelas 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia.

“Acho que a Rússia tem que sair do G20, mas isso depende do G20. Apesar de a Indonésia e outros países não concordarem, acho que deveríamos, no meu ponto de vista, permitir que a Ucrânia participe desses encontros do G20”, disse Biden.

Além da Indonésia, a China também defende a permanência da Rússia no G20. “A Rússia é um país membro importante [do G20] e nenhum membro tem o direito de expulsar outro país”, disse o porta-voz das relações exteriores da China, Wang Wenbin.

O presidente americano falou também que, na reunião da Otan, defendeu que as sanções contra a Rússia devem ser duradouras. “Sanções não têm a ver com dissuasão. O sentido das sanções é aumentar a dor. Por isso convoquei esse encontro da Otan, para garantir que a gente vai manter o que está fazendo agora, não apenas no mês que vem, mas durante todo o ano. Precisamos demonstrar nossa união e o mundo seguir focado em quão brutal esse homem [Putin, presidente russo] é e em quantas vidas inocentes estão sendo perdidas”, afirmou.

A jornalistas, Biden disse ainda que a Otan e a União Europeia deveriam criar um sistema que possa monitorar os países que violam sanções. Além disso, comentou sobre uma possível carência de alimentos e reconheceu que as sanções afetam o mundo todo.

“O preço das sanções não pesa apenas sobre a Rússia, mas sim sobre muitos outros países, incluindo países europeus e o nosso país também. E como a Rússia e a Ucrânia têm sido grandes produtores de trigo para a Europa, tivemos um grande debate no G7. Os Estados Unidos são o terceiro maior produtor de trigo do mundo e conversamos com o Canadá, que é um produtor muito importante, para ver como nós podemos aumentar e distribuir mais rapidamente essa produção de alimentos para evitar carência”.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui