Em pesquisa espontânea, 80% não tem candidato ao GDF e denota grande rejeição

Na estimulada, o governador Ibaneis em média 24% e na espontânea apenas 12%

Na primeira pesquisa para governo deste ano do Distrito Federal, realizada pela Real Time Big Data contratada pela Record TV divulgada semana passada, entrevistou 1.500 pessoas por telefone. O registro da pesquisa no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é DF-01036/2022. A margem de confiança é de 95%, margem de erro de 3%, e foi feita entre os dias 18 e 19 de março.

Em cinco cenários da pesquisa estimulada, a média de brancos e nulos e não sabe/não respondeu, ficou em 33%, em todas as pesquisas sempre apresentando o nome do governador Ibaneis, em algumas tirando o nome de Flávia Arruda, de Reguffe, de Izalci, de Leila Barros, Leandro Grass e Rosilene Correa.

O mais surpreendente é na espontânea, onde o único cenário apresentado ao GDF com os nomes de Ibaneis 12%, Reguffe 3%, Flávia 2%, Outros 3%, Brancos e Nulos 21% e Não sabe/não respondeu 59%, isso retrata uma grande rejeição aos três candidatos, principalmente ao Ibaneis, o único dos três até agora confirmado como concorrente ao GDF, abrindo assim possibilidades para outros nomes de centro e centro esquerda concorrerem ao Palácio do Buriti.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui