Área de logística contrata profissionais de todos os níveis de escolaridade

Maior salário, porém, é para profissionais de nível superior

Alline Martins, da Agência Brasília | Edição: Renata Lu

Uma profissão bem específica, voltada para quem está estudando logística, está com uma vaga de emprego aberta nas agências do trabalhador. O contratado irá atuar como programador de transporte multimodal. Não precisa experiência, mas é bom que tenha habilidades para controlar, programar e coordenar operações de transportes em geral. A remuneração oferecida é de R$ 3,5 mil, mais benefícios: a maior entre as oferecidas nas 156 oportunidades desta segunda-feira (4).

Na prestação de serviços, destacam-se uma vaga para caseiro, duas para empregado doméstico e despachante, sendo esta última exclusiva para pessoas com deficiência

Veja também:

Cinco profissões seguem, basicamente, a mesma linha de trabalho e somam 73 oportunidades: armazenista (20), auxiliar de estoque (8), auxiliar de logística (20), estoquista (5) e fiscal de prevenção e perdas (20). Os salários variam de R$ 1.212 a R$ 1,5 mil, mais benefícios.

Na prestação de serviços, destacam-se uma vaga para caseiro, duas para empregado doméstico e despachante, sendo esta última exclusiva para pessoas com deficiência. As remunerações são de R$ 1.212 a R$ 1,6 mil, mais benefícios. Para concorrer, basta ensino fundamental.

Os interessados em concorrer a qualquer uma das vagas podem cadastrar o currículo no aplicativo Sine Fácil ou, ainda, ir a uma das 14 agências do trabalhador, de 8h às 17h, durante a semana.

Mesmo que nenhuma das vagas do dia seja atraente ao candidato, ele pode se cadastrar para oportunidades futuras, já que o sistema cruza dados dos concorrentes com o perfil que as empresas procuram.

Empregadores que desejarem ofertar vagas ou, ainda, utilizar o espaço das agências do trabalhador para as entrevistas, podem se cadastrar pessoalmente nas unidades e pelo aplicativo Sine Fácil. Também é possível solicitar atendimento através do e-mail [email protected]. Há, ainda, o Canal do Empregador, no site da Secretaria de Trabalho.

 

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui