Participação dos jovens nas eleições 2022 é tema do Mais Goiás.doc

Estudantes dão sua opinião sobre a importância do voto

A participação dos jovens de 16 a 18 nas eleições de 2022 é tema do Mais Goiás.doc dessa semana. Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o alistamento dos jovens dessa faixa etária é o menor já registrado no Brasil desde quando o acompanhamento iniciou, há 30 anos. Porém, a realidade mudou depois da campanha ‘Semana do Jovem Eleitor’, divulgada pelo tribunal. Assista ao documentário (no final da matéria) e veja qual as opiniões de estudantes do ensino médio sobre a realização do cadastro ao título de eleitor e sobre o voto facultativo.

No Brasil, segundo a Justiça Eleitoral, mais de um milhão de jovens entre 16 e 17 anos têm o título de eleitor.

Em Goiás, Márcio Duarte (chefe da seção de suporte ao cadastro eleitoral) explica que “de acordo com a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Goiás possui aproximadamente 104 mil pessoas com idade entre 16 e 17 anos. Hoje, o Estado possui 42.805 eleitores (as) nessa faixa etária. O equivalente a 41% do total da população para a idade”.

Campanha

Em razão da baixa adesão, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu intensificar a campanha para estimular os jovens, que têm entre 16 e 18 anos, a tirar o título de eleitor. Conforme informações do TSE, durante a ‘Semana do Jovem Eleitor’, que aconteceu entre os dias 14 e 18 de março, 96.425 mil novos títulos foram emitidos no Brasil e no exterior.

“A recente campanha da Justiça Eleitoral chamando o jovem maiores de 16 e menores de 18 anos (contado no dia da eleição 02/10/2022), que ganhou forte apoio, tem ajudado muito no crescimento do eleitorado com menos de 18 anos”, afirma Márcio Duarte.

Ana Catarina,  disse que realizou a campanha no Colégio Estadual Olavo Bilac, onde ela é diretora. A profissional diz ter muita fé no poder dos votos dos jovens. “Eu acredito firmemente que o jovem contribui muito, não somente em questão de cidadania, mas na questão de ajudar nesse momento tão triste que o País está enfrentando”.

Prazo e solicitação

Vale relembrar que o prazo para requerer ao alistamento é até 04 de maio. Para realizar a solicitação, basta acessar ao site do TRE (www.tre-go.jus.br), clicar na aba “Atendimento Remoto” e se cadastrar.

“Em caso de dúvida, pode consultar o cartório eleitoral. A lista dos contato (e-mail, telefone e WhatsApp) dos cartórios pode ser consultada na página do TRE-GO, basta rolar até o final da página inicial”, explica o chefe da seção de suporte ao cadastro eleitoral.

Assista ao documentário e veja a opinião dos jovens sobre o assunto:

Fonte: Mais Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui