Ciro Gomes diz que as tratativas entre PDT, União Brasil e PSD devem se intensificar nas próximas semanas

Após Moro sair da disputa pela presidência, Ciro diz que voltará a dialogar com partidos da “terceira via”

Em um evento de lançamento de pré-candidatura da senadora Leila Barros (PDT) ao governo do DFCiro Gomes disse nesta segunda-feira (18) que vai voltar a dialogar com partidos da chamada “terceira via” para um possível apoio nas eleições. De acordo com o ex-governador do Ceará, a retomada das conversas se dá após a saída do ex-ministro da Justiça Sergio Moro da disputa eleitoral.

Pré-candidato pelo PDT, Ciro Gomes, chamou o ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro de “inimigo da República”.

“Tive um jantar 15 dias atrás com a direção do União Brasil. Bivar e ACM Neto. Eles perguntaram se eu admitia entrar em uma dinâmica de conversas com essas outras pessoas. Eu disse a eles que repugnava a ideia de me sentar com um inimigo da República como o Sergio Moro. Parece que essa questão está vencida”, declarou.

Anteriormente, Moro era cotado como pré-candidato à presidência da República pelo Podemos, porém, no fim de março deste ano, saiu do partido e resolveu se filiar ao União Brasil.

A atual legenda do ex-juiz e ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro decidiu lançar Luciano Bivar como pré-candidato à chefia do executivo. Ao se filiar ao partido, Moro declarou em nota que estaria abrindo mão da disputa pela presidência no momento. Ele ainda não confirmou para qual cargo vai concorrer nas próximas eleições.

De acordo com Ciro Gomes, as tratativas entre PDT, União Brasil e PSD devem se intensificar nas próximas semanas.

TV Cultura

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui