Entrevista: Eduardo, o empresário da Imobiliária Samambaia

Hoje, a nossa entrevista será com o Empresário, Presidente/Diretor da Imobiliária Samambaia, que irá nos contar sobre o seu projeto político e empresarial para 2023.

BSB TIMES: Primeiro queremos lhe agradecer pela oportunidade de lhe entrevistar e conhecer um pouco mais sobre seus planos, projetos empresarial e político para a cidade de Samambaia e por ter nos dado a oportunidade da entrevista.

Eduardo da Imobiliária: Eu que agradeço pela oportunidade.

BSB TIMES: Não temos visto em suas redes sociais, fotos com políticos de peso como antes e nem temos lhe encontrado nas agendas de prestação de contas do Senador Reguffe. O que provocou a sua ausência nas agendas políticas?

Eduardo da Imobiliária : O mercado imobiliário é muito instável, uma hora aquecido e outra hora frio. Eu realizei várias agendas na sede da empresa para conhecer de perto as propostas de quem eu poderia apoiar para essa eleição e com isso, acabei direcionando recursos que era da imobiliária para bancar cafés, almoços e lanches para os meus convidados, o que causou um furo de caixa, outra situação já política, é que nenhum deles casou com a minha proposta de modernidade para a cidade.

BSB TIMES: O que você mais ouviu deles enquanto pré-candidatos?

Eduardo da Imobiliária: Eis o maior problema, não existem propostas de fato que modernize a nossa cidade, todos ou quase todos, estão focados em ganhar as eleições, mas não existe um plano ou um projeto que venha alcançar o eleitor e resolver as demandas de nossa cidade.

BSB TIMES: Mas sua ausência nas agendas foi apenas por isso?

Eduardo da Imobiliária: Além do caixa vazio, eu acabei despertando a ira política daqueles que não querem perder espaços políticos, ainda que não tenham mandato político, mas agem como se a cidade fosse deles. Eu já ouvi ameaças de que eu cheguei agora em Samambaia, mesmo já morando aqui há 12 anos e constituído minha empresa que leva o nome da cidade, já ouvir dizer que eu nada posso por que aqui tem quem manda e fulano de tal, que não convém expor.

BSB TIMES: Mas diante do cenário político, você desistiu do projeto?

Eduardo da Imobiliária: Não!!! Quero cumprir meus compromissos financeiros com as pessoas e esperar o momento deles passar. Muitos dos candidatos de hoje, apoiam Ibaneis que por tradição de Brasília, não será reeleito e já eles tentaram por várias vezes e o resultado é cada vez mais desastroso, não conseguem aumentar os votos, mas mesmo assim, insistem em tentar várias vezes, o que atrapalha a cidade e outros não conseguem espaços para fazer algo diferente.

BSB TIMES: Quem é o seu candidato ao GDF?

Eduardo da Imobiliária : Fiz questão de mandar essa foto para vocês, meu candidato é Reguffe, o senador que sozinho, mandou mais recurso para a saúde pública do DF do que os oitos deputados federais e mais do que os outros dois senadores juntos mandaram.

BSB TIMES: Quais seus planos políticos?

Eduardo da Imobiliária: Meu projeto é eleger Reguffe governador e, após isso, já em janeiro de 2023, tirar do papel as duas estações de metrô até as quadras ímpares de Samambaia, a construção de uma delegacia na expansão da cidade e um viaduto suspenso entre a quadra 110 de Samambaia sul interligando a quadra 210 de Samambaia Norte, realizando isso, estarei deixando minha contribuição para nossa cidade.

BSB TIMES: Deseja ser candidato na próxima eleição?

Eduardo da Imobiliária: Primeiro, preciso honrar os compromissos, colocar a casa em ordem, eleger Reguffe Governador, realizar as obras que falei, aí sim, se a comunidade reconhecer o nosso trabalho e juntando a força da minha categoria que são 27 mil corretores de imóveis, poderei pensar no assunto.

BSB TIMES: O nosso muito obrigado pela oportunidade da entrevista.

Eduardo da Imobiliária: Estou a disposição sempre. Muito obrigado.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui