Pesquisa: Bolsonaro sobe 4,8 e empata com Lula em São Paulo

Tecnicamente há empate técnico, mas, numericamente, Bolsonaro passou Lula em São Paulo

Pesquisa divulgada neste sábado (30) pelo Instituto Paraná aponta que o presidente Bolsonaro cresceu quase 5% na preferência dos eleitos no espaço de um mês. No estado de São Paulo, porém o presidente passa numericamente à frente apesar do empate técnico. A margem de erro do levantamento é de 2,3 pontos percentuais.

Em São Paulo, na pesquisa estimulada, quando são apresentados nomes ao eleitor, 35,8% disseram que votariam em Bolsonaro e 34,9% em Lula.

Nesse cenário o ex-governador do estado, João Doria (PSDB) ficou com  5,5%; Ciro Gomes (PDT) com 5,4,  Simone Tebet (MDB) com 1,9% , André Janones (Avante) 1,2%. Luciano Bivar (União Brasil) e Luiz Felipe d’Ávila (Novo) têm 0,6% das intenções de voto.

Na pesquisa espontânea, onde o eleitor declara de forma livre sua intenção de voto sem a apresentação de uma lista, 22,1% escolheram Bolsonaro e 20,7% preferiram o petista. Ciro Gomes teve 1,5% das intenções de voto; Sergio Moro, 1%; João Doria, 0,7%; Simone Tebet, 0,4%. André Janones e Eduardo Leite (PSDB-RS) atingiram 0,1%.

Veja também:

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui