Pela não divisão de Planaltina com a criação de uma nova RA do Arapoanga; ‘Unidos somos mais fortes’

Concordo em gênero, número e grau com os bem colocados argumentos daqueles que defendem a não criação da R.A. do Setor Habitacional Arapoanga, separando o bairro da RA de Planaltina.

É uma ilusão acreditarmos que criar uma nova Região Administrativa trará, necessariamente, melhorias para a comunidade do ARAPOANGA, como pregam os adeptos da ideia.

O progresso, as melhorias, isso pode ocorrer sem a criação da RA. E como é notório e inegável, onde foram criadas as RAs, as tão esperadas melhorias não ocorreram (cite-se Vicente Pires, Arniqueiras e Fercal). Só serviram para a acomodação dos asseclas do governo nos ignóbeis cabides de emprego.

A discussão da criação das RAs, coincidentemente, sempre volta à tona quando se aproxima o período eleitoral, obviamente para ser usada como plataforma de campanha e visando oportunos interesses políticos.

Sabe-se que existem milhares de municípios no Brasil que têm mais de 12 milhões de habitantes (São Paulo por ex.) e não se fala em desmembramento da cidade. O que se deve buscar é a união de todos os moradores da RA VI – Planaltina-DF, de todos os seguimentos da comunidade, empresários, produtores, lideranças de bairros, seguimento religioso, cultural, enfim, todos em uma mobilização apolítica, para exigirmos atenção do Governador e da Câmara Legislativa (principalmente dos parlamentares que se dizem da cidade e daqueles que vêm aqui de tempos em tempos para angariar votos com promessas de que retornarão um dia) para que olhem com mais atenção para a nossa região.

Temos um enorme potencial para a exploração de diversas atividades na área do turismo histórico, do meio-ambiente e do agro turismo, além de várias outras áreas produtivas que poderiam gerar emprego e renda para a população local e em consequência, melhores condições de vida para a nossa comunidade.

Repito, se nos dividirmos, nos enfraqueceremos. Unidos em um mesmo propósito, as possibilidades de vitória são muito maiores. Sou por uma PLANALTINA unidade. Dividida, jamais!

José Adão Rezende, Delegado de Polícia Aposentado, Advogado e morador de Planaltina há 52 anos

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

1 COMENTÁRIO

  1. Esse cidadão no mínimo mora no centro de Planaltina, onde existe todos equipamentos públicos a disposição, enquanto a comunidade do Arapoanga sofre sem nada, dependendo de tudo de Planaltina, é fácil para esse cidadão falar isso, bancos, rodoviária, lotéricas e tudo mais perto da casa dele e o povo do Arapoanga? Como fica? Sem ter coisas básicas. O Arapoanga é uma cidade dentro de outra cidade e tá na hora de mudar essa realidade, dar mais dignidade a essa comunidade de mais de 50 mi habitantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui