Só após Convenção pode se considerar candidatura de Ibaneis

Imagem | Yago Sales Coluna Xadrez/O Hoje.com

05 de agosto é o prazo final para as convenções partidárias, até lá muitas pedras rolarão

A base atual do governador Ibaneis Rocha (MDB), PL-PP-Republicanos e PSD, estão com outras intenções no tabuleiro. O Presidente Bolsonaro (PL) é quem vai decidir junto com o Centrão de um lado e Gilberto Kassab (PSD) de outro.

Do jeito que vai acontecer, talvez desestimule Ibaneis de participar do processo eleitoral, e o MDB Nacional já deve estar pensando em outro nome, o único em reais condições é o Presidente da CLDF, o deputado distrital Rafael Prudente (MDB).

O período pré-eleitoral motiva intenções, mas não garante candidatura. O instrumento que decide nomes para disputar eleição é partido político, seguido de sua convenção partidária, baseada no interesse de coligações ou alianças nacionais.

O apoio às eleições de Presidente da República, o desejo de se ter maioria no Congresso e o alcance da cláusula de barreira é que vão delimitar o cenário dos palanques nos estados e no Distrito Federal.

Qualquer movimentação abaixo disso é mera especulação teatral, por que não adianta se o partido decidir formar aliança nacional, é um paradoxo acreditar em não se repetir regionalmente.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui