Arruda tenta habeas corpus no STF para ser candidato ao GDF

A relatoria é do ministro André Mendonça

O ex-governador foi preso em 2010 no âmbito da operação Caixa de Pandora e teve seus direitos políticos caçados.

Doze anos depois, agora tenta um habeas corpus para tentar invalidar a inegibilidade. O recurso será julgado por um antigo aliado, o ex-ministro da justiça e agora ministro do STF, André Mendonça.

Se der certo, sua esposa Flávia Arruda deverá vir à reeleição para Câmara Federal.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui