São Paulo vira sobre Cuiabá e segue na parte de cima do Brasileiro

Dourado reclama de pênalti marcado a favor do Tricolor e de expulsão

Por Lincoln Chaves – Repórter da EBC – undefined

Após dois empates seguidos, o São Paulo voltou a vencer na Série A do Campeonato Brasileiro. Neste domingo (15), o Tricolor derrotou o Cuiabá por 2 a 1, de virada, no Morumbi, pela sexta rodada da competição. Os visitantes saíram de campo na bronca com a arbitragem.

O triunfo na capital paulista levou a equipe comandada por Rogério Ceni aos 11 pontos, provisoriamente na terceira posição, podendo ser ultrapassado por Santos, Avaí, América-MG e Botafogo na sequência da rodada. O Dourado, com sete pontos, tem o 13º lugar ameaçado somente pelo Goiás, entre os clubes que ainda jogam neste domingo (15).

O São Paulo comandou as ações ofensivas durante os 90 minutos. No primeiro tempo, além das defesas do goleiro Walter, salvando o Cuiabá, o zagueiro Robert Arboleda acertou a trave. Mas quem foi para o intervalo à frente foi o time visitante. Aos 32, Alesson aproveitou uma trombada dos zagueiros Léo e Arboleda e ficou cara a cara com o goleiro Jandrei. O camisa 9 chutou no poste, mas a sobra caiu nos pés do também atacante Jenison, que abriu o placar.

A etapa final foi marcada por dois lances polêmicos, muito questionados pelo Cuiabá. Aos 18 minutos, o meia André Anderson caiu na área em disputa de bola com o zagueiro Marllon. O árbitro Alexandre Vargas de Jesus deu pênalti a favor do Tricolor. O atacante Jonathan Calleri cobrou e deixou tudo igual. Aos 27, Jonathan Cafu tentou finalizar, mas acabou desarmado por Arboleda e acertou a canela do jogador são-paulino. Avisado pelo árbitro de vídeo (VAR), o juiz conferiu o lance e expulsou o atacante do Dourado.

Nove minutos depois, veio a virada dos anfitriões. O meia Nikão ficou com a sobra de um chute do atacante Emiliano Rigoni e bateu cruzado. A bola desviou no volante Marcão e morreu nas redes cuiabanas.

O São Paulo volta a campo nesta quinta-feira (19), às 21h30 (horário de Brasília), novamente no Morumbi, diante do Jorge Wilstermann (Bolívia), pela Copa Sul-Americana. No domingo que vem (22), o Tricolor terá o clássico contra o Corinthians, às 16h, na Neo Química Arena, também na capital paulista. Um dia antes, no sábado (21), o Cuiabá recebe o Internacional na Arena Pantanal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui