Escolhas de partidos nacionais podem isolar Ibaneis no DF

De um lado o centrão da frente bolsonarista e de outro a frente dos Tebistas

O Centrão, PL-PP-Republicanos, hoje são considerados a frente bolsonarista que mais articula as decisões estaduais para definirem os seus candidatos ao Congresso Nacional e ao governos.

Em Brasília estão definindo de baixo para cima, fizeram excelentes nominatas que estão forçando as candidaturas da ex-ministra Damares Alves (Republicanos) para o Senado e as deputadas federais Celina Leão (PP) para vice e Flávia Arruda (PL) à governadora do DF, agora se as parlamentares quiserem continuar apoiando a reeleição de Ibaneis Rocha (MDB), só sobrarão as vagas para disputarem à Câmara Federal e seus partidos indicarão a candidatura ao Buriti e a vice.

No caso da possível aliança do MDB-PSDB-Cidadania força ainda mais uma candidatura isolada de Ibaneis por que 90% dos emedebistas apóiam a senadora Simone Tebet (MDB) para Presidente da República, o Cidadania já definiu e o PSDB quer até o próximo dia 02 de junho para ver se continua com ideia de indicar outro nome no lugar de João Dória, talvez até o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, para ser vice de Tebet.

Regionalmente no DF, o PSDB já lançou o senador Izalci Lucas para o GDF e o Cidadania fez o lançamento da deputada federal Paula Belmonte ao Senado, ambos são desafetos políticos do atual governador Ibaneis Rocha do MDB que já assumiu tentar reeleição, quer dizer, “não dá liga”.

E para piorar uma aliança com Ibaneis, ontem (24), os partidos PSC, Novo, Podemos, Solidariedade e o Cidadania se posicionaram em seguirem as orientações do senador Reguffe (UB), que ainda não sabe o que vai disputar. É mais uma frente de 05 partidos oposição ao governador.

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui