Encontro Regional do PTDF define as candidaturas às Eleições 2022

Ato aconteceu nesta sexta (3) e sábado (4), quando os 300 delegados e delegadas definiram quem vai disputar as vagas às Câmaras Legislativa e Federal, ao Senado e ao Governo do DF; Rosilene Corrêa irá para a disputa ao Senado. Leandro Grass (PV), concorre ao GDF

O Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal (PT DF) definiu, em seu Encontro Regional de Táticas e Estratégias Eleitorais, realizado nesta sexta (3) e sábado (4), no auditório da CNTI, as candidaturas a deputados distritais, federais, Senado e ao Governo do DF, que irão representar o partido nas Eleições 2022. A votação se deu pelos 300 delegados e delegadas que representam as tendências internas do partido.

Na abertura do Encontro, na sexta à noite, o ato político “Vamos Lular o DF”, reuniu, além do presidente do PTDF, Jacy Afonso, os presidentes do PSol, Teresinha Monteiro, do PSB, Rodrigo Dias, e do PV, Eduardo Brandão. Na ocasião, foi anunciado como candidato ao Governo do Distrito Federal, o deputado distrital do PV, Leandro Grass, como o candidato da Federação Brasil da Esperança (FE Brasil). A Federação agrega os partidos PT, PV e PCdoB, nacionalmente.

Neste sábado, a atividade foi restrita aos 300 delegados e delegadas do PTDF, que votaram para escolher as candidaturas às Câmaras Legislativa e Federal e ao Senado.

O ponto alto do Encontro foi a votação que definiu a vice-presidente da sigla, Rosilene Corrêa, para concorrer ao Senado. A vaga estava sendo disputada, também, pelo ex-deputado federal Geraldo Magela, que renunciou à candidatura para integrar a coordenação da campanha de Lula no DF.

Para disputar a Câmara Federal, foram definidos os nomes da deputada Erika Kokay, do ex-governador do DF, Agnelo Queiroz, do ex-deputado federal, Roberto Policarpo, da coordenadora nacional do Setorial de Direitos dos Animais, Vanessa É o Bicho, e da ativista trans, Ruth Venceremos. Os suplentes são América Bonfim e Joaquim Rodrigues.

Entre os que pleiteiam a Câmara Legislativa do DF (CLDF), o partido definiu nove candidatos do sexo masculino, sendo eles: Chico Vigilante, Ricardo Vale, Gabriel Magno, Cabo Patrício, Garibel, João Dão, Fabiano Trompetista, Cláudio Bessa e o Lima, do Sindfub. Os suplentes são Laureano e Camapum.

Nas vagas para mulheres à CLDF, foram escolhidas três candidaturas coletivas, sendo elas: Coletiva SOMOS, com a ativista social Hellen Frida na cabeça de chapa; Coletive Chão, com a atual Secretária de Formação do PTDF, Leda Gonçalves à frente; e o ColetivAção, representado pela ex-secretária de Movimentos Populares, Cristiane Santos.

Além dos coletivos, as companheiras Thelma Melo, Mariana Rosa e Meg Guimarães completam as vagas para o sexo feminino à disputa pela CLDF. A suplência ficou com a Professora Flávia.

Em sua fala, a candidata ao Senado, Rosilene Corrêa agradeceu o apoio recebido e destacou a importância da unidade da militância nessas eleições. “Agradeço a todas e todos que me apoiaram e convido a todos que apoiam nosso companheiro Geraldo Magela, a estarmos unidos e fortes em torno das nossas candidaturas, para ajudar Lula a governar o Brasil e, também, para mostramos a força do PT do Distrito Federal. Temos uma militância aguerrida e que merece toda a consideração do PT. Juntos, vamos fortalecer nosso partido e nossas decisões”, disse.

Ela também conclamou empenho para a eleição do deputado Leandro Grass ao GDF. “Estaremos nas ruas com motivação e entusiasmo para eleger o companheiro Leandro Grass e começarmos uma verdadeira mudança aqui no Distrito Federal “, afirmou.

O presidente do PT DF, Jacy Afonso, destacou que o Encontro Regional propiciou que a sigla se fortalecesse ainda mais, ao conseguir o consenso para os nomes aprovados: “Depois de muito diálogo, conseguimos consenso na definição das nossas candidaturas, demonstrando a maturidade do partido. Esse é o time que irá derrotar Bolsonaro e Ibaneis e vai reconstruir a esperança no país e no DF. Esses companheiros tem a missão de lutar para trazer de volta os direitos dos trabalhadores! Vamos todos juntos, eleger Lula para o Brasil, Rosilene para o Senado e ocupar nossas vagas nas Câmaras Legislativa e Federal”.

O PT DF informa que, ajustes finais das chapas ainda podem ocorrer, ficando a cargo do Diretório Regional, analisar possíveis emendas. O PT Regional conta com 62 mil filiados e 300 delegados e delegadas.

Fotos: Vitor Zaupa

Fonte: ASCOM PT-DF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui