Atenção pré-candidatos: Convenção não garante vaga e urna não corre atrás

Pré-candidatura com freio de arrumação permanente não anda. Depois não adianta mais nada

Em eleições passadas pré-candidatos se topavam nas ruas, nos dias de hoje só se encontram alguns em “posts” diários nas redes sociais sem engajamento algum.

Publicam vídeos e fotos, promovem live’s e participam de podcast’s com a presença de poucos apoiadores sem nenhuma viralização. Como vão transformar seguidores em eleitores no mês de outubro?

As reuniões presenciais nas casas aparecem “gatos-pingados” e sempre os mesmos rostos que acompanham os pré-candidatos.

Falta pouco. Mês que vem são as convenções e, se seu nome não aparece nas pesquisas, não adianta reclamar que não teve vaga para se candidatar.

Muitas vezes o pré-candidato não quer fazer movimento por que não sabe se terá a vaga, mas se não fizer nada como garantirá?

E se conseguir a vaga, não deixe para se preparar nos últimos dias, por que só aparece nas urnas o que realmente conquistou.

Corram, que a maratona já começou e depois não reclamem do resultado. Urna não tem ré!

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui