Restaurante Comunitário de Planaltina oferece opção de pagamento com cartão

A unidade é a primeira do DF a aceitar cartão de todas as bandeiras para pagar refeições, seja débito ou crédito, vale refeição e cartões de benefícios sociais, como DF Social e Prato Cheio

FONTE: AGÊNCIA BRASÍLIA

O Restaurante Comunitário de Planaltina é o primeiro do Distrito Federal a oferecer a possibilidade de pagar as refeições com cartão. Ou seja, o cidadão pode pagar os R$ 0,50 do café da manhã ou R$ 1 do almoço com cartão bancário de todas as bandeiras, seja débito ou crédito, ou o cartão vale refeição.

“Além do preço acessível, é uma maneira de facilitar ainda mais o acesso das famílias beneficiárias dos programas ao restaurante comunitário. Nosso objetivo é incluir essa alternativa de pagar as refeições com o cartão em todos os novos contratos das empresas que fazem a gestão dos restaurantes comunitários”, explica a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

O próximo a disponibilizar essa possibilidade de pagamento com o cartão será o Restaurante Comunitário de Sobradinho.

Outra novidade é a possibilidade de usar o cartão de benefícios sociais, como o DF Social e o Prato Cheio, para pagar as refeições. Com o DF Social, as famílias em extrema vulnerabilidade recebem mensalmente um auxílio de R$ 150.

No caso do Cartão Prato Cheio, além de comprar alimentos no comércio local, as famílias podem utilizar o crédito de R$ 250 para pagar as refeições. “Essa é mais uma alternativa para viabilizar o acesso dessas famílias em risco social às nossas unidades, garantindo a elas uma alimentação adequada e de qualidade”, destaca a gestora.

Café da manhã

Em abril deste ano, o Restaurante Comunitário de Planaltina passou a oferecer também o café da manhã a R$ 0,50. Brazlândia, Itapoã, Samambaia, Ceilândia, Estrutural, Sobradinho, Sol Nascente e Paranoá já ofertavam o serviço. O café da manhã é servido das 7h às 8h30, de segunda-feira a sábado. O cardápio conta com diversas opções, como café, leite, pingado, pão com manteiga, bolo, achocolatado e uma fruta da época.

 

Rogério Cirino de Sá Ribeiro, goiano, 51 anos, casado, três filhos. Bacharel em Administração de Empresas pela UNIPLAC. Licenciado em História pela UPIS e MBA em Gestão de Projetos pela ESAD. Empresário do audiovisual desde 2012.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui