TSE decide que mesmas coligações para o governo deve ser seguidas para o Senado

Fachada do edifício sede do STF

A decisão pode afetar muitas das articulações que estavam sendo feitas no DF.

Por Hélio Rosa

Foram quatro votos a três e o plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu que partidos coligados para concorrer aos governos dos estados  deverão seguir a mesma aliança para senador.

Porém nos casos em que a coligação não abranja as duas vagas, de governador e senador, o TSE autorizou os partidos a lançarem candidaturas próprias.

Também  foi confirmada a possibilidade de partidos sem  qualquer coligação, lançar em candidatos a senador individualmente.

Leia também:

Portabilidade permite redução de até 50% nas parcelas do crédito consignado

Helio Rosa, planaltinense, 50 anos, casado, pai de três filhos, graduado em ciências naturais e gestão pública. Jornalista e especialista em Administração Pública e Gerência de Cidades. Fez Agenda 21 e Coleta Seletiva. Foi Conselheiro do CONAM-DF e do CBH-Paranaiba. Está como Presidente do Conselho de Desenvolvimento Nacional - CDN. Ministra cursos de empreendedorismo, terceiro setor, trabalho remoto, economias circular, criativa e compartilhada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui