Concurso BRB: saiu edital para escriturário

O BRB tem clientes em mais de 5 mil municípios brasileiros – o que corresponde a 91% do território nacional -, em todos os continentes e 39 países | Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Com inscrições abertas de 17 de agosto até 3 de outubro, são 300 vagas, sendo 150 imediatas e 150 para cadastro reserva

Agência Brasília* | Edição: Carolina Lobo

O BRB publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quinta-feira (7), o edital do seu novo concurso para o cargo de escriturário. São 300 vagas, metade para provimento imediato e metade para cadastro reserva. Confira aqui.

As inscrições vão de 17 de agosto a 3 de outubro e devem ser feitas pelo site do Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), banca responsável pela realização das provas. O valor da taxa é de R$ 66,50.

“O reforço no time de empregados segue alinhado com o planejamento estratégico do banco de expansão para além do DF, com crescimento e diversificação dos negócios. Reafirma, ainda, a valorização das pessoas, um dos principais pilares da instituição”Paulo Henrique Costa, presidente do BRB

O salário do cargo de escriturário é de R$ 3.764,66, para a carga horária de 30 horas semanais.

Veja também:

Saiba como baixar as parcelas do consignado mesmo com juros mais altos.

“O reforço no time de empregados segue alinhado com o planejamento estratégico do banco de expansão para além do DF, com crescimento e diversificação dos negócios. Reafirma, ainda, a valorização das pessoas, um dos principais pilares da instituição”, informa o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

As provas serão aplicadas no dia 6 de novembro e ocorrerão no DF e também em todas as capitais do país, uma novidade em relação às edições anteriores. O resultado final do concurso será homologado pelo BRB, publicado no DODF e divulgado no site do Iades e no da instituição financeira, em fevereiro de 2023.

Respeitando a política de diversidade, o edital do concurso prevê cotas para pessoas com deficiência, hipossuficientes, negros, indígenas e quilombolas.

*Com informações do BRB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui