Concurso PPGG DF: 1.400 vagas para área administrativa

Especialista do Gran Cursos dá dicas para o certame

Por ASCOM/Gran Cursos

O concurso Políticas Públicas e Gestão Governamental do Distrito Federal (PPGG DF) está com banca definida. O Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) será responsável pela seleção para os cargos de Gestor e Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental do DF, ambos de nível superior. São 1.400 vagas, sendo 250 para provimento imediato e 1.150 para formação do cadastro de reserva, um quantitativo de vagas incomum para a carreira de gestão. Os salários iniciais são de R$ 7.760, para o cargo de Gestor, e R$ 4.940, para Analista. Com a definição da banca, o edital deve ser publicado a qualquer momento. Pensando nisso, a equipe do Gran Cursos Online fez um levantamento com informações sobre o cargo e dicas para quem quer se preparar para o certame.

Segundo o professor do Gran Cursos Online, Anderson Ferreira, esse concurso é muito aguardado pelo Governo do Distrito Federal pois há uma grande demanda represada há muitos anos, já que o último concurso da área foi em 2002. De acordo com Anderson, na época as nomenclaturas eram Analista e Técnico de Gestão Pública, ambas com nível médio. Em 2013 a carreira foi reestruturada e o antigo Analista passou a ser Gestor, assim como o técnico virou Analista. As mudanças mostram que a carreira está querendo se equiparar também em termos remuneratórios com a esfera federal.

Política DF:

Confira mais informações sobre o concurso:

Onde o profissional vai atuar?
Os aprovados serão vinculados à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do DF, e a atuação pode ser em diversos órgãos e secretarias, porém sempre na área administrativa, com foco em gestão de processos, recursos e planejamento.

Sobre a quantidade de vagas
Dada a quantidade de cargos vagos e a necessidade de profissionais, a expectativa é que todo o cadastro reserva seja chamado. Isso porque, de acordo com informações do Portal da Transparência, há mais de 2.700 cargos vagos para analista e cerca de 1.742 para gestor, o que aumenta as chances de convocação.

Dicas de estudo
1- Com a definição da banca, uma dica importante é que o concurseiro treine com questões da IADES ou bancas com perfil similar.

2- Em conhecimentos básicos, é provável que as disciplinas cobradas sejam: Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Tecnologia da Informação, Raciocínio Lógico Quantitativo e Conhecimentos de Estatística, Conhecimentos de Direito Público e Realidade Integrada de Desenvolvimento do DF (RIDE DF).

3- Já em conhecimentos específicos, a estimativa é que sejam cobrados conteúdos de Gestão Governamental, Economia (é provável que essa disciplina seja cobrada apenas no cargo de Gestor) e Ciência Política.

4- A disciplina Gestão Governamental é um dos diferenciais do concurso, pois é uma matéria peculiar da carreira, difícil de ser aproveitada para outros concursos. O conteúdo inclui administração geral e pública, orçamento, gestão de pessoas, entre outros.

5- Em Ciência Política é cobrado também conteúdo de políticas públicas. Trata-se, basicamente, de uma administração geral e pública mais técnica e mais aprofundada, em um nível mais acadêmico.

Veja também:


 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui