Maior passeio motociclístico do mundo completa 19 anos com expectativa de recorde

Concentração será a partir das 15h deste sábado (30), no Parque de Exposições da Granja do Torto, e vai envolver a cidade com aproximadamente 60 mil motores

Por ASCOM/Grupo In Press

Como ocorre tradicionalmente há 19 anos no último dia do festival Capital Moto Week, o maior passeio motociclístico está com todos os motores aquecidos para dar uma volta por Brasília. O passeio tem concentração marcada para às 15h deste sábado (30), no Parque de Exposições da Granja do Torto, e com promessa de quebrar o marco anterior, quando mais de 45 mil motos percorreram pontos central de zona central da capital do país. O segundo maior passeio registrado no mundo reuniu 17 mil motos simultaneamente.

O grupo se concentra no Parque de exposições Granja do Torto, onde acontece o Capital Moto Week (CMW). De lá o comboio passa pelo Eixão Norte, atravessa o Eixo Monumental até o Memorial JK, segue para a Praça dos Três Poderes, depois passa pela Ponte JK. Depois o destino é voltar para o festival e aproveitar o último dia de ativações e programação do CMW 2022.

De acordo com os organizadores do CMW, a retomada pós-pandemia e o sucesso estrondoso da 17ª edição estão entre os principais motivos para acreditar que ao menos 60 mil motos proporcionarão um espetáculo para abrir com chave de ouro o último dia da edição de 2022. “O passeio é algo intrínseco ao festival, desde sua concepção, por ser a celebração final de dias de programação e de amor ao motociclismo. Não tem como se emocionar ao ver tanta gente reunida por um só propósito”, ressalta Juliana Jacinto, organizadora do festival. “O passeio celebra o nosso principal propósito de mostrar que não é apenas sobre asfalto, motor e óleo. É sobre um estilo de vida que dialoga com espírito, tradição e liberdade. E isso é atemporal, é perene e passará ainda por várias gerações”, destaca Pedro Affonso Franco.

 Veja também:


Trabalho integrado com as forças de segurança

O passeio motociclístico, como é feito a cada edição, foi cadastrado junto à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF). A SSP/DF ressalta que, o Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), faz acompanhamento de eventos, shows e manifestações, visando reduzir os impactos na segurança e rotina da cidade, de maneira integrada entre as forças de segurança e órgãos do GDF, bem como instituições e agências do governo local e federal, que reúne serviços voltados para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização e funciona de forma ininterrupta, ainda com suporte de câmeras de videomonitoramento.

A SSP/DF acrescenta que a coordenação do trânsito será de competência da Polícia Militar. O Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) informa que as equipes de fiscalização permanecerão nas proximidades do evento, fazendo o controle do trânsito no local e auxiliando na saída e chegada dos participantes. “O helicóptero do Detran-DF, o Sentinela, fará o acompanhamento do passeio, dando apoio às equipes terrestres. Com isso, será empregado um efetivo de 23 agentes de trânsito”, ressalta a pasta.

Além disso, as ações educativas continuarão concentradas no estande do Detran-DF, na Granja do Torto.

Legados

Mais de 4 milhões de pessoas já visitaram o CMW. Motociclistas e turistas de todo o Brasil e de mais de dez países em cinco continentes já passaram pelo festival desde 2004. Na última edição, em 2019, foram injetados cerca de R$ 55 milhões para a economia da cidade. A previsão para 2022 é ainda mais animadora. Na última edição foram gerados mais de 7 mil empregos diretos e indiretos; agora a expectativa é de aumentar em 40% essa marca.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui