CLDF entrega doações para o RS à Força Aérea Brasileira


CLDF entrega doações para o RS à Força Aérea Brasileira

Câmara segue arrecadando colchões, cobertas, agasalhos, itens de higiene, alimentos e rações para animais

A campanha CLDF Solidária deu um novo passo nesta terça-feira (21). Parte das doações arrecadada pela Câmara Legislativa nas duas últimas semanas foi entregue à Força Aérea Brasileira (FAB), na Base Aérea de Brasília. A Câmara segue recebendo donativos para a tragédia climática que assolou o Rio Grande do Sul (RS) neste mês de maio.

Ao todo, um caminhão e duas camionetes transportaram mais de sete toneladas de doações, somando seis toneladas de água mineral; uma tonelada de itens de vestuário, roupa de cama e cobertores; 20 cestas básicas; e aproximadamente 300kg de itens de limpeza, higiene e ração animal. A campanha mobilizou até mesmo torcidas rivais de times de futebol, que se reuniram pela causa solidária.

Outros donativos ainda serão entregues à Base, junto aos produtos que estão sendo recebidos e organizados pela casa legislativa. Considerando as mobilizações de todo o país e as necessidades da população, os itens prioritários no momento são cobertores, roupas de frio, colchões, comida, itens de higiene (especialmente papel higiênico e absorvente), bem como rações para animais de estimação.

“Acreditamos nessa parceria de todas as esferas, seja estadual, municipal, distrital e federal para apoiar os brasileiros que enfrentam esta calamidade”, comentou o Brigadeiro Quesado, membro da Coordenação e Logística da FAB em Brasília. “São essas ações dos brasileiros e para os brasileiros que dão suporte e trazem alívio aos necessitados”, concluiu.

Outros donativos importantes são pallets, caixas de papelão e plástico filme, pois facilitam a organização e o transporte das doações. Quem puder amparar com veículos de carga, como caminhões e caminhonetes, por exemplo, também pode fazer a diferença. As forças armadas operam uma logística intermodal, que inclui aviões, automóveis e barcos. Ainda assim são necessários mais veículos de carga para que os itens cheguem antes ao RS, pois o número de doações é expressivo.

A FAB informa que água mineral não é essencial no momento, pois já se arrecadou uma grande quantidade e a distribuição do item vem sendo normalizada nas cidades atingidas pela tragédia.

Voluntariado

Além dos militares que atuam em sete hangares – grandes galpões para aeronaves – da Base Aérea, três turmas de voluntários se revezam nos períodos da manhã, tarde e noite para auxiliar na triagem no material recebido pela FAB. Em sua maioria, o grupo é composto por parentes de membros da Aeronáutica. “É um trabalho intenso, mas enquanto tiver necessidade vamos ajudar”, assegura a voluntária Rosimeire Talzzia.

Na CLDF, colaboradores também se voluntariam para promover a triagem e o empacotamento dos donativos.  O presidente da casa legislativa, deputado Wellington Luiz (MDB), afirmou que “a Câmara precisa fazer sua parte e ser referência em um momento tão delicado quanto esse”, garantindo que a instituição se empenha em ajudar da melhor forma possível.

O posto de arrecadação da CLDF situa-se em frente à entrada principal e recebe doações de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

 

 



Source link

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui