Senadora Leila Barros compõe comissão para alertar sobre impactos da mudança no FCDF

Além da senadora, a comitiva foi integrada pelo governador Ibaneis, o senador Izalci, o deputado federal Alberto Fraga e outras autoridades

Em um encontro ocorrido nesta quarta-feira, a senadora Leila Barros participou da apresentação ao relator do projeto que cria o arcabouço fiscal, senador Omar Aziz, os impactos significativos que a mudança na base de cálculo do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF) poderá trazer.
De acordo com dados fornecidos pelo Governo do Distrito Federal (GDF), estima-se que o prejuízo possa chegar a R$ 87,8 bilhões até 2033, caso a proposta, já aprovada pela Câmara dos Deputados, entre em vigor.
A senadora Leila Barros também ressaltou a importância vital do FCDF na manutenção da segurança pública dos três poderes e na garantia da qualidade de vida dos cidadãos brasilienses. Durante a reunião, a senadora Leila fez questão de enfatizar esses pontos ao senador Omar Aziz, que se comprometeu a ouvir tanto a bancada do Distrito Federal quanto os governos federal e local, a fim de analisar de forma abrangente os impactos da proposta.
O projeto em questão seguirá agora para a Comissão de Assuntos Econômicos, onde será avaliado antes de ser submetido ao Plenário. Além da presença da senadora Leila Barros e do senador Omar Aziz, participaram do encontro os senadores Izalci Lucas e Eduardo Gomes, o deputado Alberto Fraga, o governador Ibaneis Rocha e o secretário de Planejamento, Orçamento e Administração, Ney Ferraz Júnior.
A reunião contou com a presença de representantes-chave que estão engajados na análise do projeto e na busca de soluções adequadas para a situação do Fundo Constitucional do Distrito Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui