Bolsonaro mostra lesão causada por erisipela em sua perna esquerda

Ex-presidente permanece sob cuidados médicos no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo

Jair Bolsonaro, ex-presidente do Brasil, compartilhou uma foto reveladora nesta quinta-feira (9), exibindo a lesão em sua perna esquerda causada pela erisipela, uma infecção bacteriana cutânea. O político foi internado em Manaus no dia 4 de maio e posteriormente transferido para São Paulo, onde está sendo tratado no Hospital Vila Nova Star.

Desde a última segunda-feira (6), Bolsonaro está sob os cuidados dos médicos Antônio Macedo e Leandro Echenique, sem previsão de alta. Ele segue recebendo antibióticos e realizando sessões de fisioterapia para combater a infecção.

No sábado (4), Bolsonaro foi admitido no Hospital Santa Júlia, em Manaus, com sintomas de desidratação e erisipela na perna esquerda. Após receber tratamento inicial, foi liberado para continuar suas atividades na cidade, mas precisou ser readmitido horas depois para receber tratamento com antibióticos endovenosos.

Além da erisipela, Bolsonaro também enfrentou desconforto intestinal. A erisipela é uma infecção aguda causada pela bactéria estreptococos, afetando a pele e seus tecidos superficiais. Seus sintomas incluem febre, dor, inchaço, coceira, manchas vermelhas, bolhas e calafrios.

O tratamento da erisipela envolve o uso de antibióticos e pode durar de sete a 14 dias, sendo necessário em alguns casos realizar a limpeza da pele para reduzir inchaços. A prevenção da doença inclui manter mãos e pés limpos, secos e sem rachaduras, além de tratar frieiras e lesões na perna, e evitar ficar em pé por períodos prolongados, especialmente para pessoas com fatores de risco como varizes, diabetes e obesidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui