EUA reforçam defesa de país vizinho ameaçado por Maduro

Ditador quer invadir Guiana e se apropriar do petróleo | Foto: Divulgação

Líderes militares dos EUA auxiliam na proteção contra possível invasão em meio a plebiscito na Venezuela sobre o território disputado do Essequibo 

Os EUA enviam comandantes para fortalecer a defesa da Guiana diante das ameaças de invasão lideradas por Maduro, enquanto o Brasil avalia sua preparação para o desdobramento dos eventos.
A liderança da 1ª Brigada de Assistência às Forças de Segurança do Exército dos Estados Unidos (SFAB) se reuniu com autoridades da Força de Defesa da Guiana (GDF) na segunda-feira, 27, e terça, 28.
O governo Lula (PT) não sinaliza posição sobre a guerra provocada pela invasão da Venezuela, para se apropriar das reservas petrolíferas da Guiana, recém-descobertas, equivalentes a 75% das reservas do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui