Lula diz não saber que havia tanta gente negra no RS

Petista visita estado pela terceira vez após enchentes

Em discurso nesta quarta-feira (15), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) expressou surpresa ao perceber a quantidade de pessoas negras no Rio Grande do Sul, durante a cobertura das enchentes que afetaram o estado. “É impressionante, eu não tinha noção que no Rio Grande do Sul tinha tanta gente negra. E no ‘Fantástico’ apareceu muita gente. Eu falei: ‘não é possível’. Aí a Janja me falou: ‘é porque são os mais pobres, é porque moram nos lugares mais arriscados de ser vítima dessas coisas’”, afirmou.

A observação de Lula contrasta com os dados demográficos do estado, conhecido por ter a maior proporção de pessoas que se declaram brancas no Brasil. Segundo o Censo de 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 78,4% da população do Rio Grande do Sul se identifica como branca.

Esta foi a terceira visita de Lula ao estado desde o início das chuvas intensas que causaram enchentes em centenas de municípios. Durante a visita, o presidente anunciou novas medidas de socorro do governo federal para auxiliar a população atingida.

A situação de calamidade provocada pelas chuvas também chamou atenção para a vulnerabilidade das populações mais pobres, muitas vezes residentes em áreas de risco. A fala de Lula destaca a importância de políticas públicas voltadas para a equidade social e racial, especialmente em momentos de crise.

O governo federal já destinou R$ 12 bilhões em ajuda ao estado, e Lula incentivou os prefeitos gaúchos a agilizarem o envio de propostas para o recebimento desses recursos. O objetivo é mitigar os danos e promover a recuperação das áreas afetadas pelas enchentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui